Banda conhecido por ter o Walter Lopes na bateria, Judas O Outro traz um som pesado para curtirmos nesse mês de julho.

Peso, solo de guitarra, solo de baixo, voz potente, teclado muito presente, tudo isso encontramos dentro da música “Andando Juntos” da banda Judas o Outro.

Depois do lançamento do vídeo da música Socorre-me feat Mauro Henrique que foi um sucesso alcançando 75 mil views em menos de um mês, Andando Juntos” vem quebrando tudo e mantendo o nível alto.

Para os amantes do rock, a música reúne todas as características que uma boa música de rock normalmente propõe, ouça com a gente e leia sobre nossa análise:

Continua após a vídeo

Muitas características, porém sem excesso

Judas O outro conseguiu somar muitas informações com maestria em “Andando Juntos“, mesmo sendo uma música de menos de 4 minutos. E depois de ouvir essa música diversas vezes decidimos fazer uma análise sobre todos os detalhes que talvez você não tenha percebido.

Vamos começar pelo Michel Oliveira. O homem que recentemente viralizou cantando o cover da música Humanos do Oficina g3, demostrou mais uma vez sua capacidade musical vai muito além daquele vídeo.

Com uma voz super afinada, muita pressão e um berro certeiro em apenas uma palavra, temos aqui um trabalho com tudo no seu devido lugar. A linha melódica da música também é bem feita, e faz grudar na sua mente.

Nessa música ele também registra um solo de guitarra bem técnico. Sonoramente não é o solo de guitarra mais bonito de Michel Oliveira, mas se encaixa perfeitamente com a música, o que é essencial. Como já sabemos, ele é um guitarrista extremamente competente e defensor das guitarras de 7, 8 e 9 cordas.

Outro detalhe legal da música é o teclado muito presente. Como sabemos, Judas o Outro é um power trio, com guitarra, baixo e bateria, porém os detalhes de teclado dessa música são extremamente importantes e dão o preenchimento necessário.

Já o contrabaixo, entra com um peso absurdo. E se não bastasse isso, “Andamos Juntos” nos presenteia com um solo de baixo muito fera feito pelo mano Wallace Ribeiro.

O solo vem como um complemento que segue o solo de guitarra de Michel Oliveira. O som inicia de um fraseado muito bonito, cheio de felling, técnica e mergulhado em um som distorcido. Em seguida temos uma sequencia de tapping muito daora, ótimo trabalho entregue pelo baixista.

Não poderíamos deixar de falar do nosso querido amigo Waltão. Nosso guerreiro de 55 anos toca com a pegada de um jovem de 25. A música conta com umas viradas muito daora, como a de entrada pro coro da música e a dobra que ele faz com o baixo após o solo.

Como outras músicas do Judas, a presença do pedal duplo é esporádica, ou seja, apenas nos momentos certos pra esse estilo de música.

LEIA AQUI: MATÉRIA ESPECIAL SOBRE O WALTÃO

A letra fala sobre confiar em Deus e andar junto com ele, pois através da nossa força não chegamos a lugar nenhum.

Redes sociais:

Facebook: /judasooutro
Instagram: @judasooutro
Youtube: /judasooutrooficial

Quer receber notícias como essa direto no seu celular? É muito simples. Cadastre seu número na nossa lista de transmissão do Whatsapp, é grátis.

Clique na imagem abaixo: