Através do vem pra cena divulgamos e damos visibilidade para as bandas que ainda tem pouco espaço na cena do rock cristão

Hoje o vem pra cena apresenta pra vocês a banda Poliphone, diretamente de Florianópolis – SC. A banda se posiciona como uma banda de indie rock, mas também pode ser vista como pop rock ou rock alternativo.

Pra galera que curte ouvir um som pesado, grave e de mosh talvez essa não seja a banda que vá compor sua playlist diária.

Agora se você que tem um gosto mais eclético, com suas influências voltadas para um som de qualidade independente do peso, acredito que esse som vai agregar bastante.

Poliphone foi criada em 2017 porém o grande ano da banda foi em 2020. A banda nesse período de pandemia conseguiu lançar 3 singles, com os nomes “De graça”, “Faz de conta” e “Narciso”. Nesses singles com certeza você consegue sentir qual é a essência da banda.

Banda Poliphone de Santa Catarina
Poliphone

Sobre o nome Poliphone, a vocalista Karina nos contou uma história muito interessante, pois a banda inicialmente seria apenas um canal de youtube.

A ideia era simplesmente fazer um som no canal de acordo com o gosto de todo mundo e com isso juntaram as palavras “Poli” que vem da ideia de muitos, de variedade mais o “Phone” que significa som.

A banda tem como algumas referências Swithfoot, Sixpence None the Richer entre outras.

A banda é formada pela doce e suave voz da Karina, que vem representando os vocais femininos aqui no vem pra cena. Nas guitarras temos Jeferson Silva e Bruno Fazzio , segurando todo o groove do contrabaixo temos o mano Gabriel e fechando o time e dando o ritmo pra toda essa gente, temos o brother Samael Felipe.

Agora que já conhecemos a banda, vamos analisar as músicas da banda. Escolhemos 2 singles lançados em 2020 e agora vamos descrever alguns destaques e nossa opinião sobre esses trabalhos.

01 – FAZ DE CONTA

Continua após a música.

Faz de conta” é a nossa música favorita, e vamos explicar o motivo.

Essa música foi um dos lançamentos da banda em 2020, mais precisamente no mês de outubro e tem uma história extraordinária por trás. Antes de falarmos da parte técnica, leia o texto na postagem abaixo e entenda um pouco mais sobre a letra.

Continua após a postagem

Tecnicamente a música não deixa nada a desejar, a gravação é de boa qualidade e todo andamento da música é bem produzido. Os arranjos de todos os instrumentos combinam e se completam, as levadas do baixo, as frases de guitarra, toda a parte ritma da bateria e a melodia criada pro vocal formam um casamento perfeito.

Em “Faz de conta” não encontramos nenhum clichê gospel ou evangeliquês. A letra é muito bem feita e trás de uma forma bem interessante a essência da parábola do filho prodigo e a vivência da cantora.

02 – NARCISO

Continua após a música.

Da mesma forma que a música anterior, “Narciso” também tem uma história interessante por trás. Como um dos pontos fortes da Poliphone são as composições vale a pena entender o contexto de cada letra, então leia também o texto sobre essa canção na postagem abaixo

Continua após a postagem

Sendo o nome da canção, “Narciso” é um personagem da mitologia grega, filho do deus do rio Cefiso e da ninfa Liríope. Ele representa um forte símbolo da vaidade.

Talvez o mundo falado na música seja o reflexo do nosso mundo atual banhado em vontades próprias e vaidades.

Essa é uma música ainda mais leve e mais pop que a anterior, porém que ainda entrega uma sonoridade técnica interessante. Temos aqui uma música um pouco mais reta e com menos arranjos, porém ainda sim eles conseguem passar a vibe que a banda propõe.

Você pode conferir mais sobre esse projeto através das redes sociais da banda Poliphone, confira os links abaixo:

FACEBOOK INSTAGRAM YOUTUBE | SPOTIFY

Não quer perder nenhuma reflexão, notícias, novidades, entrevistas e todo conteúdo relacionado ao rock cristão? Então clica na imagem e receba tudo em primeira mão direto no seu whatsapp.

Whatsapp Rock Cristão - Banda Dual Drive