Na música não há apenas artistas que se convertem, mas também há os que abandonam a fé, e caem em apostasia.

Estamos acostumados, ao menos um pouco, com noticias sobre artistas que confessaram a fé cristã, demonstrando uma mudança seu estilo de vida, seja em suas ações como em suas composições. Porém, também existe o outro lado das questões relacionadas à fé, onde artistas antes declaradamente cristão acabam entrando em apostasia, renunciando sua crença no cristianismo.

Casos de apostasia não devem ser ocultados do meio cristão, por isso separamos três casos em que artistas cristão abandonaram a fé.

JONATHAN STEINGARD:

O primeiro e mais recente caso é o do vocalista e guitarras da banda Hawk Nelson, Jonathan Steingard. Em maio deste ano, o artista postou em seu Instagram uma confissão sobre como estava há algum tempo questionando sua fé. De acordo com Steingard, ele não conseguiu lidar com contradições que afirma ter encontrado Bíblia. Conforme o músico se deparava com questões como Deus e o problema do mal, e algumas passagens bíblicas, sua fé enfraqueceu.

No post feito por Steingard, ele deixa claro que sua intenção não é atacar os cristãos. Embora tenha assumido sua apostasia, o músico foi sincero em não querer permanecer na banda sem crer naquilo que era cantado. Em resumo, o artista continua tendo contato com cristão afirmando respeitar e amar aqueles que permanecem na fé.

TIM LAMBESIS

O segundo caso é bastante polêmico. Em 2013, Tim Lambesis, vocalista da banda As I Lay Dying, foi acusado de contratar um assassino para matar sua ex-mulher. No ano seguinte, ele confessou o crime, e foi condenado à 6 anos de prisão.

No final de 2016, Tim foi solto sob liberdade condicional, e se declarou arrependido por seus erros. Na época em que foi preso, o artista declarou ser ateu, afirmando que mantinha a banda com rótulo cristão apenas para manter o público que se identificava com a fé. Além disso, Lambesis também afirmou que algumas das bandas auto declaradas cristã com as quais dividiu palco não seguiam verdadeiramente a fé.

Tim Lambesis retornou aos vocais da banda As I Lay Dying em 2018, e continua com seus outros projetos musicais.

MARTY SAMPSON (e a resposta de John Cooper)

O terceiro caso é o de Marty Sampson, cantor e compositor de diversas canção da conhecida Hillsong. Embora sua caminhada com o grupo Hillsong, em 2019 o artista afirmou estar perdendo sua fé. Segundo ele, o cristianismo havia se tornado como outras religiões. Além disso, o Sampson também afirmou ter encontrado contradições na Bíblia.

Logo após as declarações de Sampson, John Cooper, vocalista da banda Skillet, se pronunciou em suas redes sociais. Surpreso em ver líderes cristão renunciando a fé, e com as afirmações sobre contradições bíblicas, Cooper afirmou:

Acabei de ler na declaração de um renomado líder de louvor: “Como um Deus de amor poderia mandar pessoas para o inferno? Ninguém fala sobre isso”. A igreja tem lutado com isso por 1500 anos. Todo mundo fala sobre isso. As crianças falam sobre isso na escola dominical. Há um bilhão de livros escritos sobre o assunto. Só porque você não consegue a resposta que deseja, não significa que não estamos dispostos a lutar com ela. Lutamos com as Escrituras até que sejamos transformados pela renovação de nossas mentes.

Cooper também convocou a igreja à redescobri a verdade da Palavra. Além disso, ele afirma que o que se tem visto (a apostasia de líderes cristão) é resultado a igreja ter levantado pessoas influentes, mas que não seguem a verdade suprema.

O alerta de John Cooper não serve apenas para o caso de Marty Sampson, mas pode se aplicar aos outros casos mencionados. Você pode ver o texto completo de Cooper aqui.

Não quer perder nenhuma reflexão, notícias, novidades, entrevistas e todo conteúdo relacionado ao rock cristão? Então clica na imagem e receba tudo em primeira mão direto no seu whatsapp.