Porque a páscoa está ligada a ressurreição?

Hoje na série PENSE! Uma reflexão sobre a verdadeira páscoa.

Confira o vídeo abaixo:

•  ASSISTA OUTROS VÍDEOS DA SÉRIE PENSE!

Além dos coelhos e chocolates…

Antes de mais nada, a páscoa é uma data comemorada em praticamente todo o mundo. Atualmente pessoas postam em suas redes sociais o quanto é mais barato comprar uma barra de chocolate do que comprar um ovo de páscoa, já outras levam a data mais a sério, e existem aqueles que ignoram ou não tentam buscar um significado real na celebração. Para os judeus, a páscoa, ou melhor, o Pessach, comemora a libertação do povo hebreu da escravidão do Egito. Do mesmo modo, para povos pagãos antigos, era um rito para a deusa Ostara, celebrando a fertilidade e o início da primavera na Europa. Mas, para os cristãos, a páscoa celebra a ressurreição do Filho de Deus, Jesus Cristo. A relação cristã com a páscoa foi tão disseminada, que as emissoras de tv passam filmes sobre Jesus no domingo a tarde. Porém, devemos nos perguntar. Porque comemorar a ressurreição?

Apesar da popularização de coelhos e dos ovos de chocolate, a páscoa é uma comemoração cristã. Nesse período é comemorado a ressurreição de Cristo. Jesus, após ser crucificado e morto, ressuscita depois de três dias, e então ascende aos céus, prometendo retornar. O ponto principal da ressurreição de Cristo, é que Ele venceu a morte, Assim também, seu retorno dos mortos representa a vida eterna prometida para seus fiéis. Durante todo Novo Testamento, vemos menções sobre o retorno de Cristo e a ressurreição dos mortos, até que chegamos em Apocalipse, onde tudo enfim se concretiza na visão profética de João.

Esse texto é um resumo de tudo que você consegue refletir no vídeo.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, e divulgue para os seus amigos sobre a verdadeira páscoa. Você também pode receber todas as nossas atualizações direto no seu whatsapp – clique aqui e cadastre-se.